21/08/2010

NÓS NÃO ESTAMOS APAIXONADAS!

Isso mesmo, não estamos e não pretendermos estar tão cedo (a não ser que você, homem, valha muito a pena). No final de semana passada esse assunto veio à tona, mais uma vez, entre eu e mais duas amigas. E que fique claro: esse é um recadinho para os homens!

Amados, ou melhor, amados não porque se não vocês me interpretarão mal! Vamos começar de novo:
Rapazes, quando uma mulher demonstra interesse por você isso em hipótese alguma é sinônimo garantido de que ela está apaixonada por você e que ela quer namorar, casar e ter filhos com você. NÃO MESMO. Isso é, com mais probabilidade, sinal de que ela quer saber se você beija bem e treinar fazer filinhos com você e só. Mais nada. Não é porque nós somos mulheres, infelizmente referidas como o “sexo frágil” que nós temos que nos apaixonarmos por vocês. Mas que merda!

Se a gente demonstra um mínimo de carinho isso não quer dizer nada, absolutamente nada. Muitas vezes quando uma mulher faz isso é para que você, homem burro, sinta-se poderoso e pense “Pooo, ai! Eu só chamei ela de linda e ela já gamou em mim”. Se você pensa isso, de verdade... Se mata! Ou nasce de novo. NÓS NÃO NOS APAIXONAMOS ASSIM! Nos tempos atuais as mulheres sabem que os homens são todos filhos da puta e que quando vcs, homens, aprenderam a nova utilidade do pinto tudo o que importa é gozar. E se a gente já sabe disso, meu filho, PORQUE É QUE VOCÊ ACHA QUE ESTAMOS APAIXONADAS?

Rapaziada, tá na hora de vocês perceberem que mulher só tem uma cabeça – e por isso somos muito mais inteligentes que vocês, homens burros. E que se a gente já aprendeu as estratégias masculinas, vocês precisam aprender que mulher com saia curta e um sorriso no rosto conquista fácil. Então assumam que são vocês que se apaixonam por nós, seus burros!

E outra: decidam-se! Vocês paqueram a nós, mulheres, intensamente. Nos enchem de abraços, de elogios, e deixam delicadamente claro que querem sair com a gente. Daí na hora que NÓS falamos claramente: “vamos sair hoje?”, vocês, seus burros, dão prá traz. Dispensam, inventam qualquer desculpa. Burros. Parem com esse machismo imbecil de achar que é o homem quem tem que convidar pra sair. Que merda! Aproveitem as oportunidades, afinal, não é isso que vocês querem? Ou se não querem sair com a gente, não paquera, animal!

E mais outra: se por acaso você resolve paquerar uma mulher que você conhece há anos, porque ela deixou claro isso, note com atenção a intenção das coisas que ela te diz. Esses dias fiz a cagada de pedir um amigo desse perfil em namoro - em tom de brincadeira, claro, mas tinha um fundo intencional de verdade. Eu só queria dar uns beijinhos nele. Imbecil. Ele achou que eu estava apaixonada. Isso pq depois que eu fiz o pedido, completei: “ia dar certo pq vc não ia ficar me cobrando e vice-versa, íamos namorar aos domingos, o que é ótimo, pq é o dia que tenho tempo!” E sabe o que aconteceu? O retardado achou que eu estava apaixonada. BURRO! Há quanto tempo eu te conheço para você não saber interpretar o tom da minha fala? BURRO! Isso que dá pensar só com a cabeça de baixo.

Burro. Burro. Burro. Burro. Burro.

Por isso, querido homem, se você quer se dar bem na vida trate bem uma mulher, seja divertido, educado, simpático, e se ela sorrir demais não ache que ela está apaixonada. Se você quer que ela pense mais em você, ligue no dia seguinte. Se você quer que ela se apaixone, chame-a para jantar. Mas se ela der pra você na primeira noite, se ela te ligar no final de semana seguinte, não pense em hipótese alguma que ela está apaixonada: ela só está te usando.

Quando uma mulher se apaixona, ela fica em silencio. Ela não é clara em suas intenções. Então, homem burro, lembre que as que deixam escancarado o que querem NÃO ESTÃO APAIXONADAS. E por isso, homem burro, pare de ser machista e põe esse pintinho pra funcionar direito pelo menos uma vez na vida.

Lembrem-se de que estamos no século XXI, a mulher não é mais submissa, nem frágil, nem nada do que já tivemos de ser. Nós somos espertas, e vocês são burros de não notarem a nossa evolução moral. Se liga!